segunda-feira, 7 de julho de 2008

Não faz sentido...?!






Foto: Miradouro da Senhora do Monte, Graça


Hoje procurei-te e não te vi.
Senti a tua falta.

Hoje precisei de Ti.

Do colo que me davas quando eu não acordava feliz.

Dos abraços apertados.

Do fazer de conta que a torre que viamos do cimo do monte era a clausura de uma princesa.

Hoje sinto a tua falta.

Procuro-te no sentido oposto.
Mas...
...Estou por minha conta.
~
Hoje o colo que me davas não faz sentido.









2 comentários:

I'm a cumbada disse...

Se hoje sentes falta, se hoje procuras, não fará sentido... hoje?

Tenho pensado sobre a facilidade com que as pessoas guardam e trancam pedaços importantes de si numa gavetinha contendo o rótulo "passado" e... assusto-me.

Muitas vezes, esse algo importante e vivo é impossível de abafar, ficando a latejar, a saltar no interior da gaveta onde o colocámos à força... e isso pode doer imenso.

Não o faças, por favor *

Bruno Esteves disse...

Descobri a resposta à pergunta formulada... Conheço este miradouro, afinal... E a luz que tanto me encanta em Lisboa, também daí se saboreia... Uma luminosidade forte e sedutora, um dos “traços de personalidade” desta cidade para mim... Gostei destes teus reflexos escritos, vi o endereço no teu profile do ai cinco e tive curiosidade em ler-te... Parabéns, voltarei para saber novidades desse lado do espelho...

Bruno ***